16 de outubro de 2012

Hiponatremia: Você sabe o que é isso?


A água  é primordial para a saúde do corpo humano, mas você sabia que em excesso ela pode fazer mal? É isso mesmo. Segundo a nutricionista esportiva Lilian Abreu, essa é a chamada hiponatremia.

Ela é comum em atletas, pois alguns exercícios intensos provocam uma grande perda hídrica por suor e respiração, e muitas vezes os atletas acabam ingerindo quantidades de água que excedem as necessidades.  Neste caso, pode ocorrer uma hemodiluição  e, como consequência, a hiponatremia. 

Durante o exercício e principalmente durante o exercício no calor, a produção de urina  é de 20 a 60% menor que os valores basais por causa de uma redução no fluxo sanguíneo renal, o que resulta na diminuição da produção de urina. Paralelamente, os rins estão reabsorvendo tanto sódio como água em resposta ao estímulo dos nervos simpáticos e ao aumento da aldosterona, induzida pelo exercício. Como resultado, as pessoas que se exercitam têm uma capacidade reduzida de excretar água, uma resposta fisiológica normal que acaba aumentando o risco de a ingestão excessiva de líquidos causar hiponatremia.

As possíveis causas da hiponatremia:

1) Aumento da água corporal, causada por ingestão excessiva de fluidos ou por terapia intravenosa inapropriada;
2) Redução da diurese, motivada pelos exercícios físicos e pela exposição ao calor;
3) Perda de sódio através da alta taxa de sudorese, condição física inadequada (muito calor), aclimatação deficiente;
4) Ingestão inadequada de sódio, através de uma dieta hipossódica, ou uma ingestão inadequada de sódio durante o exercício.

Os sintomas mais comuns são: desconforto gastrointestinal, náuseas e vômitos, cefaleia latejante, inquietação, edema de mãos e pés, letargia, confusão, coma, lesão do tronco cerebral, óbito.

Se quiser saber mais sobre o assunto, acesse o Portal Idmed! Veja matéria completa e alguns posicionamentos científicos.

Nenhum comentário: