27 de maio de 2012

II Wol-Extreme Saquarema

Aconteceu nesse final de semana em Saquarema-RJ a Wol-Extreme uma das provas mais desafiadoras que já corri.  Foram dois dias de muita adrenalina, começando no sábado com largada às 9:15h na Igreja Nossa Senhora de Nazaré.

Eu, Josiane e Isabel


O percurso logo no início foi de subida, passando pelos fundos da igreja numa parte costeira de pedras um pouco escorregadias, porém com um visual espetacular do mar. Logo depois, tivemos que encarar o canal da lagoa de Saquarema que ainda estava baixo e continuar a corrida do outro lado pela Praia de Itaúna num longo percurso de areia fofa. Encaramos também cerca de uns 2km de chão de terra batida para então voltarmos pela areia da praia passando de volta pelo canal que nos metros finais estava com moderada correnteza e já num nível bem elevado, terminando assim os 7,5km no pórtico de largada e chegada em frente a Igreja.









Já no segundo dia de corrida tivemos que acordar bem cedo para a largada às 7:00h no Sítio Nosso Paraíso e, então encararmos o mais desafiador dos percursos. Uma trilha bem acidentada de cerca de 3km com subidas fortíssimas e bastante técnica. Nesse ponto foi necessário muito controle psicológico e força, pois comecei a sentir bastante peso nos tornozelos e lama no tênis. Foi um percurso de trilha bem íngreme, escorregadia e estreita para bem mais a frente nos depararmos com uma decida bem cautelosa e finalmente aos quilômetros finais de terra batida, completando assim os 10k m em 01:35:32 da maior corrida de aventura que já participei!


Gleice, Chris, Carlinhos, Josiane, Aline e Eu







14 de maio de 2012

Lunetterie Sportif lança óculos Mormaii Athlon com exclusividade no RJ


Com opção de lente transparente, modelo foi desenvolvido especialmente para running, ciclismo e  esportistas do dia a dia.

De olho no crescente número de pessoas que praticam corrida de rua e ciclismo, a Lunetterie Sportif, nova bandeira da Ótica Lunetterie localizado no mezanino da loja do Rio Design Leblon, estará lançando na próxima terça-feira, dia 15 de maio, a linha Athlon da Mormaii Óculos.Trata-se de um modelo superleve e moderno, com um preço de custo/benefício bastante interessante: R$ 348,00, mas no dia do lançamento ele sairá a R$ 298,00 - apenas nesse dia!!!  

Com sete cores, todas unissex, os óculos da linha Athlon têm armação em Grilamid, matéria prima leve, flexível e resistente com o nose emborrachado. A lente solar P400 é em policarbonato com 100% de proteção UV e altamente resistente a impacto, além de ser intercambiável, ou seja, a lente solar pode ser trocada por uma transparente, que acompanha o kit, permitindo a prática noturna do ciclismo e do running garantindo segurança para os atletas.

Outra característica da Athlon é a sua curvatura acentuada que se adapta perfeitamente aos diferentes tipos de rosto e minimiza a entrada de vento e poeira durante a prática esportiva. Além disso, o estojo do Athlon se destaca por ter design inspirado nos capacetes de bike. 

As SETE cores variam das mais neutras, como o modelo com armação champanhe e marrom e lente marrom fosca, até o laranja com prata e lente cinza flash vermelho,uma vez que as cores mais vibrantes são características dos esportes de performance.


3 de maio de 2012

Corrida e diabetes


Hoje fiz gravação sobre Corrida e diabetes para o Programa VAMOS CORRER! que vai ao ar na Sexta-feira 11/05, às 21h30, na ESPN Brasil. Sou portadora de diabetes tipo 2 há 5 anos e resolvi fazer da corrida o meu remédio diário.


Com a freqüência nas corridas minha hipoglicemia foi se tornando constante e tive que mudar minhas planilhas de treino para não entrar num esquema de insulina. Descobri que numa corrida longa com ritmo leve a moderado os meus níveis glicêmicos baixam mesmo com a ingesta de 20g gel de carboidrato a cada 5km. Já as distâncias mais curtas e com velocidade elevam os níveis glicêmicos e me deixam fadigada. Essas descobertas me possibilitaram continuar correndo e até participar de maratonas, porém a monitorização da glicemia é diária. Em pessoas com DM2 que não fazem uso da insulina, o que  é o meu caso, os médicos recomendam no mínimo uma medida por dia. Contudo, deve-se realizar sempre que existir suspeita de hipoglicemia. 

Infelizmente para continuar participando de corridas longas, tive que me adequar a uma nova forma de correr e incluir alguns acessórios: monitorar a intensidade e a freqüência das corridas, gel de carboidratos, mochila de hidratação e glicosímetro.

De acordo com meu médico para o alcance do bom controle metabólico das pessoas com diabetes  mellitus é necessário que o profissional de saúde esteja embasado cientificamente, para programar as intervenções eficazes e atender às necessidades reais da pessoa com DM. Compreende-se que a tomada de decisão da equipe multiprofissional deve ser realizada baseada na avaliação criteriosa e individualizada de cada pessoa com diabetes mellitus, respeitando o aspecto subjetivo e cultural de cada indivíduo. Portanto, a minha decisão de não fazer uso medicamentoso para o controle da diabetes não foi aprovada inicialmente pelo médico e só após longos testes, resultados positivos e monitorização da glicemia diária que ainda permaneço sem fazer uso de medicamento.