29 de abril de 2009

E por falar em corrida...

Segundo matéria publicada no jornal Estado de São Paulo, em 26 de Abril, a Corpore, associação de corredores sem fins lucrativos com sede em São Paulo, contava com 227 mil corredores cadastrados no final de 2008, um crescimento de 24,7% em relação a 2007 e 26 vezes maior do que o número registrado em 1997.

Muito de vocês estão acompanhando artigos e reportagens na grande imprensa sobre os benefícios e malefícios da corridas de rua, principalmente das maratonas, cujo risco é de uma morte para cada 50 mil participantes, em função de problemas cardíacos. É importante frisar que os atletas devem acompanhar toda a sua parte médica. E, se ainda não o fizeram, deveriam, para avaliar em que condicões se encontram. Técnica e saúde devem estar em sincronia quando o assunto é maratona. E quando falamos em maratonas, falamos de um universo de pessoas que, ao longo de alguns anos, vieram evoluindo em seus treinamentos, ganhando base aeróbica, força e eficiência muscular, além de outras qualidades físicas essenciais num trabalho de corrida e que os tornam capazes de percorrer 42 km.

Falar que correr 42 km de forma ininterrupta é algo saudável, talvez não seja a coisa mais correta. O treino é extremamente extenuante, talvez mais do que a própria prova, algo que talvez precise ser mais bem analisado. O desgaste articular de trabalharmos grandes volumes precisa ser muito bem dosado e repensado para atletas que adotam a corrida como filosofia de vida e que escolhem a maratona como ponto culminante da sua carreira amadora. E, não podemos negar, que temos durante a prova em sobrecarga cardiovascular. Ou seja, o risco existe! Mas, o risco é muito maior para pessoa sedentária.

A sobrecarga cardíaca pode ser monitorada com exames e testes. E durante o treinamento, podemos saber exatamente a intensidade mais propícia e saudável para que a prova não seja extremamente extenuante ou acima do que você deveria fazer para não correr riscos. E como avaliar quem fica parado?

Segundo a Organização Mundial de Saúde 2 milhões de pessoas morrem anualmente por conta do sedentarismo, que causa, entre outros problemas, entre 10% e 16% dos casos de câncer de mama, colón de útero e diabetes, além de dobrar o risco de sofrer doença cardiovascular.
Todos os estudos são muito produtivos para a área do pedestrianismo, pois uma área em grande crescimento necessita de embasamento técnico-científico. Mas precisamos sempre entender as amostras que nos são apresentadas e suas proporções. Considerando todos os riscos da maratona, ficar em casa é muito menos saudável e gera muito mais doenças.

Acredito que com o bom senso no treinamento, que respeite as intensidades e volumes adequados, e uma bateria de exames anuais, pois existem alterações clínicas de um ano para o outro, você estará mais seguro para encarar um esforço maior. Risco sempre existe! É bom estar bem monitorado e bem assessorado, não esquecendo é claro que primeiramente precisamos de um médico de confiança e um profissional de Educação Física.

por Prof°Carlos Martins - Profissional de Educação Física - Cref1: 020827-G/RJ

20 de abril de 2009

Meu melhor treino longo

Ontem realizei o meu primeiro treino longo rumo a maratona do Rio e sozinha! Iniciei por volta das 7:30h e como companhia aderi a música. Nunca havia corrida com música e não fiz uma lista, optei por colocar numa rádio e sair correndo... E não é que fui feliz na escolha, coloquei na rádio Mix FM com duas horas só de música sem intervalo e com uma seleção musical no meu ritmo do começo até o fim!

Passando pela praia de Icaraí, subindo a Estrada Fróes, calçadão de São Francisco, Charitas, chegando no Clube Navalo clima era perfeito. Estava tão descontraída e determinada pela música que logo já se avistava a entrada do Forte Rio Branco e nesse mesmo ritmo segui até Jurujuba. Num breve momento pensei: "Até aqui foi tranquilo! Será que conseguirei chegar até a Fortaleza Santa Cruz e voltar tudo novamente?" Cheguei! Fiz um pit sotp rápido para algumas fotos que não poderiam faltar e imediatamente dei início ao retorno. Inexplicávelmente o retorno foi mais rápido do que eu pudesse imaginar... É completei uma meia maratona em 1:59:45 e agora só falta mais meia para chegar no meu objetivo.

Boa semana a todos e bons treinos!

Chegando na Fortaleza Santa Cruz - Niterói

A hora do retorno...

Pista de descida da Fortaleza

O dia estava tão lindo que foi possível fotografar alguns raios de sol ...

14 de abril de 2009

Rumo aos primeiros 42 Km

Desculpem-me pela falta de post nos últimos dias! É que além de problemas com a internet, tenho intensificado os meus treinos.

No dia 28 de junho vou correr os meus primeiros 42Km. É isso mesmo minha primeira Maratona, e meus treinos já começaram com o aumento progressivo da quilometragem...

Comecei a correr para perder alguns não, mas muitos quilinhos a mais... E de repente o que parecia ser impossível estava acontecendo! Não só eliminei os quilos como estava correndo 10 , 15, 18 km e querendo fazer uma meia maratona. O tempo passou e o sonho de correr 21 km foi realizado. Agora meu presente é treinar para conseguir cruzar a linha de chegada dos meus primeiros 42,195 Km.

Do Recreio ao Aterro do Flamengo, admirando toda a orla carioca e buscando motivação da cabeça aos pés. A expectativa vai se tornando intensa, a busca de conhecimento imensa e cada dia que passa vou ficando mais e mais tensa.

A revista Runners deste mês vem com uma matéria muito legal a respeito dos elementos fundamentais no treino para maratona.

7 de abril de 2009

Exército Brasileiro é tetracampeão da Super 40

Com dia ensolarado e temperatura alta, atletas de todas as idades e níveis técnicos abriram a temporada 2009 do Super 40 Km de Revezamento. O Aterro do Flamengo ficou colorido com os cerca de 8000 participantes do um evento que tem como objetivos incentivar a prática esportiva, a qualidade de vida e a integração através do esporte. Na briga pelo título masculino, a equipe do Exército Brasileiro veio forte e teve pouco trabalho para obter o tetracampeonato. O atleta do Exército completou as dez voltas com o tempo de 2h05min31, com vantagem de quase seis minutos para a segunda colocada, a Lauter Nogueira Sports/Asics com 2h11min28.

Já entre as mulheres, a Mayal Athletics chegou ao segundo título consecutivo com o tempo de 2h43min31, seguida pela Rocinha/New Balance, 3h02min45.

As três melhores equipes foram as seguintes:
Masculino
1) Exército Brasileiro - 2h05min31;
2) Lauter Nogueira Sports/Asics - 2h11min28;
3) Montevérgine 1 - 2h12min17;

Feminino
1) Mayal Athletics Asics/MCB - 2h43min31;
2) Rocinha/New Balance - 3h02min45;
3) Toscano Feminina A - 3h04min20.

A etapa carioca ainda teve a presença de vários famosos. Treinados pelo técnicos Lauter Nogueira (RJ) e José Rubens D’Elia (SP), um grupo de personalidades participou do evento como preparação para o Desafio dos Famosos que acontecerá na Maratona Internacional de São Paulo, em maio. Estiveram no evento Rogério Sampaio, Tico Santa Cruz, Smigol, Junior Negão, Tande e os repórteres Clayton Conservani e Felipe Diniz, o ator Guilherme Beringuer e o chef Olivier Cosan, que completaram o revezamento em 3h08.

Esse ano não corri, fiquei como capitão de equipe. E olha o gerenciamento das equipes por parte do capitão não é brincadeira não... Foi um tal de ir de lá prá cá, Ufa! Rossy e Carlos, por isso vocês são bons treinadores... rsrsrs. É muito melhor e menos cansativo correr!!!
Eu e Jorge ainda no começo do revezamento

Eu, Profº Rossy e Dany pronta para o revezamento


Profº Carlos Martins, Eu e Rick

4 de abril de 2009

Movimento pela Saúde

O dia 6 de Abril foi instituído pela Organização Mundial da Saúde como o Dia Mundial da Atividade Física. Sabe-se que o sedentarismo é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e outras doenças crônicas.

Amanhã dia 5 de abril, na cidade do Rio de Janeiro, o Ministério da Saúde se prepara para mais um evento de promoção à saúde. O dia mundial da atividade física traz o slogan: “Eu sou do time que se movimenta pela saúde” e a campanha procura chamar a atenção para a importância da atividade física no dia-a-dia das pessoas: no caminho para o trabalho, em caminhadas e como brincadeira. O Dia Mundial da Atividade Física é uma ação do Ministério da Saúde, por meio da Política Nacional de Promoção da Saúde, que visa à melhoria da qualidade de vida da população brasileira, uma das principais metas do SUS. Até o ano de 2010, o objetivo do ministério é reduzir de 29% para 24% o percentual da população brasileira considerada sedentária.

Participe do evento no Parque da Quinta da Boa Vista em São Cristóvão, a partir das 09:00h e em São Paulo da caminhada que ocorrerá na Avenida Paulista.