30 de dezembro de 2008

Um Feliz Ano Novo!

Amigos Corredores,

O ano de 2008 está no fim. É hora de traçarmos nossas metas para 2009... Segundo especialistas, correr faz fortalecer ossos, músculos e articulações de membros inferiores e ainda faz melhorar todo o sistema cardiorespiratório.

Então, para motivá-lo a correr, listei algumas dicas que deverão ser observadas antes de iniciar seus treinos:

  • Uma boa postura para correr é muito importante.
  • Corra sempre mantendo seu corpo ereto, cotovelos fletidos em 90 graus ao lado do corpo e mãos relaxadas com palma para baixo.
  • Balance os braços sempre contrários aos movimentos das pernas a cada passada.
  • Faça aquecimento por 5 minutos com uma boa caminhada intensa em seguida pare e faça os alongamentos necessários.
  • Gradualmente vá aumentando a velocidade até sentir sua respiração acelerada, mas não ultrapasse até o ponto que possa ter dificuldades para conversar.
  • Corra por 10 minutos no início e aumente de 1-2 minutos todos os dias até que consiga correr por pelo menos 20 minutos.
  • Verifique sua Frequência Cardíaca e veja se já está em sua Zona Alvo de Treinamento - alguns corredores usam o frequencímetro (Ex: marca Polar) para verificar a F.C , mas em caso de não poder adiquirí-lo, poderá usar a medição manual que é passível de erros.
  • Quando verificar que está em sua Zona Alvo de Treinamento, vá aumentando o tempo de seu treinamento dia após dia. Até chegar em seu objetivo.
  • Após o treinamento , faça um resfriamento caminhando por 5 minutos e em seguida pare e repita os alongamentos do início da corrida .
Eu estou super motivada e minha meta para 2009 e correr minha primeira maratona.

De acordo com o preparador físico Maurílio Santana, treinar para uma maratona exige de você tempo, dedicação e disciplina, é preciso abdicar-se de algumas coisas de sua vida, mas sem ser refém do treinamento, afinal de contas à corrida deve ser antes de tudo um divertimento... Então, vou me divertir!

E você, qual a sua meta para este ano? Pode ser uma prova ou um treino bacana, conte para a gente!

Que venha 2009!

Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve... (Charles Chaplin)

26 de dezembro de 2008

E depois da Ceia de Natal...

... Vem o Ano Novo!

Após a noite de Natal em família com tudo bem disposto, divertido e comida farta, enfim dentro do verdadeiro espírito natalício! Inicia-se um novo dia com o céu nublado, mas com a imensa vontade de fazer aquele treino matinal... Corri apenas 6km e o percurso não poderia ser nada melhor do que a estrada para Fortaleza Santa Cruz em Niterói. A estrada vazia e a brisa fina que batia suavemente em meu rosto me impulsionavam cada vez mais para seguir correndo...
Foi um treino renovador!!! A subida para Fortaleza apreciando o mar calmo e os pequenos raios de sol que insistiam em sair foi realmente maravilhoso e inspirador. O silêncio pairava no ar, tanto que era possível ouvir minhas passadas como se fossem toques ritmados no asfalto... É Natal!!! E após 33 min de treino, eu terminava os 6 km de corrida feliz e totalmente renovada.

A corrida tem a capacidade de transformar o meu corpo e minha mente cansada numa sensação de bem estar, beleza, conforto e alegria, fazendo com que nestes dias especiais prestemos mais atenção ao mundo que nos cerca, admirando-o e sentindo ainda mais a necessidade de declarar o amor por todos aqueles que me acompanharam durante as corridas de todo esse ano...

Uma semana de muita saúde e paz a todos vocês!

21 de dezembro de 2008

10K Rio Corrida Panamericana

A 10K Rio Corrida Pan-Americana não poderia ser realizada num dia melhor. Início do verão e com cerca de 5000 atletas inscritos, a disputa não só esquentou o Aterro do Flamengo que começou o dia com o céu encoberto como foi privilegiada pelo sol que apareceu suavemente depois de dias chuvosos na Cidade Maravilhosa. Foi um belo evento e este ano uma novidade a prova de 5 km, para aqueles que preferem percursos menores ou como eu que acabo de me recuperar de uma lesão no joelho.

A prova foi muito boa! “Eu cruzei a linha de chegada em 28m34s, logo a frente do queniano Nicholas Koech que concluiu a prova em 29m48s”.


A Globo me flagrou chegando poucos segundos à frente do queniano...


Rita, Ricardo, Eu, Jorge e Thaís

A conquista de mais uma medalha - 10K Rio

18 de dezembro de 2008

Onde correr: Esteira ou Asfalto?

Se você tem a intenção de começar a correr, ótimo! Se você já corre, melhor ainda! Esta é uma excelente atividade física, desde que seja feita com orientação, preferencialmente de um professor de Educação Física, para que se faça a atividade corretamente, garantindo benefícios com segurança para a sua saúde e eficiência de resultados.

Correr melhora o condicionamento cardiorespiratório, fortalece os ossos, músculos, tendões e ligamentos, além de eliminar as gordurinhas que incomodam a maioria das pessoas. Mas há algumas coisas importantes que o corredor deve saber para não se machucar e ter lesões sérias.

O fisioterapeuta Dr. Paulo Mazaro esclarece diversas perguntas sobre correr no asfalto ou na esteira.

São respostas claras e simples, para que você compreenda melhor os dois segmentos desta modalidade.

Ele explica sobre a adaptação neuromuscular, sobre os benefícios e as desvantagens de correr na esteira. Fala também sobre possíveis lesões, e ainda explica a diferença entre areia batida, gramado, esteira e asfalto.

17 de dezembro de 2008

Você tem sede de quê?

Com a chegada do verão precisamos ter cuidado redobrado com a hidratação. Por isso, a edição da revista Runner's World Brasil desse mês vem com uma matéria sobre a escolha da bebida adequada. Veja a seguir!



Escolha a bebida adequada e garanta o combustível para a sua próxima corrida

Por Letícia Pauli

Sol de 30 graus pra cima, garganta seca e um bom pedaço de chão pela frente. Sua primeira opção é um gole de água? Pode até ser a primeira, mas não deveria ser a única. Para hidratar e também repor nutrientes e sais minerais, há vários tipos de bebida no mercado. “Elas ajudam a repor os eletrólitos, ou seja, sais minerais como sódio, potássio e magnésio. Estes desempenham funções como o transporte de oxigênio e a absorção da glicose, que serve como fonte de energia para o corpo”, diz Suzana Bonumá, nutricionista especializada em fisiologia do esporte do Hospital das Clínicas, de São Paulo. Os produtos que repõem essas perdas não são todos iguais. Há bebidas com mais carboidratos, mais sódio e até com proteína na fórmula. O importante é saber qual a melhor opção para o seu treino.

Corrida até 60 minutosTreinos assim não provocam perdas drásticas de nutrientes (como carboidratos). Aqui, a maior preocupação é a hidratação constante. Para a maioria dos corredores, água basta. Mas, em dias quentes, é bom repor eletrólitos para evitar um mal-estar. Isso porque a perda desses sais minerais se dá basicamente pela transpiração. Bebidas esportivas como Carb’Up (Probiótica), I9 (Powerade), Gatorade e similares são ideais. Elas têm níveis suficientes de sódio — que devem ficar entre 40 mg (para corridas em ritmo moderado) e 220 mg (para ritmo acelerado) e são informados no rótulo. Se quiser praticidade, lance mão das pastilhas efervescentes ricas em eletrólitos, como a Eletro+++ (Nutri­latina). É só jogar uma na garrafinha com água, chacoalhar e pronto! Beba entre 200 ml e 250 ml de líquido a cada 20 minutos de corrida.

Corrida entre 1 e 2 horasNesses treinos, as perdas de outros nutrientes começam a acontecer. Escolha bebidas com até 30 g de carboidrato. Ainda não há necessidade de concentrações muito elevadas. Naturalmente, a perda de eletrólitos também se intensifica. Agora, os níveis de sais minerais de sua bebida precisam ser maiores. Verifique no rótulo se o produto oferece em torno de 250 mg e 300 mg de sódio. Boas pedidas: Sport Drink (Nutrisport) e Power Gel, da PowerBar.

Corrida de 3 horas ou maisAgora a reposição de carboidratos precisa ser intensa. A principal fonte de energia é a glicose presente no sangue. Daí a importância de manter estáveis os níveis de açúcar na corrente sanguínea. Caso contrário, o corpo vai buscar energia no músculo. Resultado: estresse muscular, risco de lesões e um grau tão elevado de fadiga que o corredor poderá ser obrigado a parar. Nessa etapa, a bebida precisa trazer entre 40 g e 60 g de carboidratos, além de concentração extra de eletrólitos (300 mg de sódio ou mais). Serão precisas outras fontes de carboidrato, como géis energizantes, frutas ou purê de batata em sachês. Também vale apostar na água intercalada com a bebida esportiva. Opções: Endurance V02 Max (Integralmedica), Glicodry Age (Nutrilatina) e Maltodextrin (Integralmédica).
Pós-corridaDepois da corrida, é hora de consumir bebidas ricas em carboidratos e proteínas, que ajudam na recuperação muscular, evitando lesões nos treinos seguintes. Para cada grama de proteína, a bebida deve fornecer 3 ou 4 g de carboidrato. Já para saber o quanto deve ser reposto, calcule o que perdeu em peso e reponha 150% desse total. Exemplo: você chegou ao fim do trajeto com menos 1 kg? Deverá repor 1,5 litro de líquidos. E faça isso no máximo até 4 horas depois da corrida. Aposte: Accelerade (Pacific Health) e Endurox R4 (Pacific Health).

16 de dezembro de 2008

Desafio do Cristo - Corrida e Caminhada (1ª Etapa)


O evento Desafio do Cristo é uma corrida de rua, onde maior parte do percurso é de subidas. Forçando o corredor a traçar uma estratégia para conseguir atingir o topo, onde você escolhe entre “Correr e Andar, Andar e Correr ou simplesmente Correr”. Pois, CHEGAR AO TOPO É PARA POUCOS.


Baseado em fato Histórico onde em 1824 Dom Pedro I liderou a primeira expedição ao topo do morro Corcovado.


Os Corredores poderão ainda fazer a prova individualmente ou em equipe contendo 03 pessoas para dividir o trajeto de 19 km.

Para as pessoas, que como eu, pretendem se preparar para a maratona neste ano, não pode ter medo de encarar essa sensacional subida. É sem duvida uma corrida diferente e também uma preparação para os próximos desafios.

Aproveitamos para desafiar os corredores de rua nessa nova jornada. Eu vou!!! E você??? A família Araribóia Runners já está na mais pura adrenalina...

14 de dezembro de 2008

Meia Maratona Faz um 21 Embratel

A cidade de Niterói recebeu nesse último domingo (30) a primeira edição da Meia Maratona Faz um 21. A prova foi disputada em duplas, num percurso de 10,5km, e o vencedor foi a dupla que fez os 21 quilômetros no menor tempo. Entre os homens os dois campeões foram Franck Caldeira e Luis Paulo em 1h01min41.Entre as mulheres a dupla vencedora tinha como integrantes Selma Cândido Reis e Gisele Barros de Jesus. Elas completaram a prova em 1h15min58. O mineiro Franck Caldeira usou a prova como treino para a São Silvestre. “Foi um excelente teste para mim. A prova foi tranqüila e o resultado veio da maneira como a gente esperava”, conta.A segunda edição da competição acontece no dia 14 de dezembro na cidade de Petrópolis, região Serrana do Rio. Veja a lista das três primeiras duplas:Homens1º Franck Caldeira e Luís Paulo da Silva Antunes (1h01min41) 2º Paulo Luiz dos Santos e Robson Pereira de Lima (01h02min52) 3º José Eloy e Gilberto Lopes (01h04min12)Mulheres1º Selma Cândido dos Reis e Gisele Barros de Jesus (01h15min58) 2º Márcia Narloch e Maria do Carmo A. Guimarães (01h17min30) 3º Raquel de Souza do Nascimento e Maria Reis da Silva (01h29min42)


Família Araribóia Runners


O verdadeiro valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem... Valeu Camila seu primeiro 10,5 Km em 01:24:13